Receita e PGFN estimam que mais de 650 mil empresas vão aderir ao programa

Postado por ACCTBA em 03/05/2022

A adesão ao Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp) foi liberada na última sexta-feira (29) pela Receita Federal.

Depois de mais de 30 dias de espera, o Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) também decidiu prorrogar o prazo de adesão para o dia 31 de maio para permitir que as empresas tenham tempo hábil para regularizar as dívidas.

A expectativa é que mais de 400 mil empresas façam a adesão ao Relp pela Receita Federal, totalizando R$ 8 bilhões de débitos.

Já pelo lado da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), devem aderir 256 mil empresas e as negociações podem atingir R$ 16,2 bilhões.

O CGSN decidiu adiar também o prazo para a regularização das dívidas impeditivas de opção pelo Simples Nacional e para a entrega da Declaração Anual do MEI, porque a instituição do Relp está diretamente ligada ao fornecimento, às microempresas e empresas de pequeno porte, de mecanismos para manutenção de sua situação regular. Esse é um requisito legal – nos termos do art. 17, V, da Lei Complementar nº 123, de 2006 – para permanência das empresas no regime especial do Simples Nacional.

Relp

O Relp foi criado pela Lei Complementar nº 193/2022 e regulamentado pelas Resoluções CGSN nºs 166/2022, 167/2022 e 168/2022.

O programa oferece parcelamento com reduções nos valores de juros e multas para os débitos do Simples Nacional ou do Simei apurados até fevereiro de 2022.

Existem seis modalidades de adesão ao programa para o Simples Nacional e para o Simei. O empresário que decidir pela adesão adotará uma das modalidades de pagamento, de acordo com sua inatividade ou redução de receita bruta.

O valor da entrada (de 1% a 12,5%) é calculado com base no valor da dívida consolidada. O valor mínimo da parcela é de R$ 300 para débitos do Simples Nacional e de R$ 50 para débitos do Simei.

Quem adere é beneficiado com a possibilidade de pagamento das dívidas em até 15 anos, além de ter descontos em multas, juros e encargos legais. O Relp também beneficia empresas em recuperação judicial.

Segundo a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, para contribuintes que aderirem no dia 29 de abril de 2022, a primeira parcela terá vencimento no mesmo dia.

Com informações do Gov.br

Autor(a): Danielle Nader

Fonte: Contábeis

Link: https://www.contabeis.com.br/noticias/51387/relp-mais-de-650-mil-empresas-devem-aderir-ao-programa/

Categoria: Sem categoria


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Contato

Venha fazer uma parceria de Sucesso! Tenha todo o suporte que você e e sua empresa necessitam.

Sede 01: Rua Rosa Lazarotto Strapasson, 17 - São Gabriel
São Gabriel / PR - CEP: 83407-760

Sede 02: Avenida Jacob Macanhan, 754 - Sala 20 - Pineville
Pinhais / PR - CEP: 83325-582

Sede 03: Rua Jorge Gava, 37 - Pilarzinho
Curitiba / PR - CEP: 82110-250

(41) 99994-3892

(41) 98824-6665

acctba@terra.com.br

CNPJ: 31.455.820/0001-00

Redes Sociais ACCTBA

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas ações.

Canal de Atendimento

Preencha o formulário abaixo, será um prazer poder atendê-lo!